segunda-feira, 21 de abril de 2014

ROTA 040 - NOSSA HISTÓRIA




O Rota 040 é uma história de resistência e superação que começou, na verdade, com minha iniciativa de comprar um violão e começar a estudar com o amigo Randovideo Ferraz em 1987, na ASBAC, Associação dos Servidores do Banco Central, em Brasília. Aí vieram as primeiras músicas, desejos e influências. Era o tempo da MPB, rock brasileiro, o primeiro Rock in Rio (fevereiro de 1985) e etc.
Ensaio da banda Canto Livre (Veloso, Fran, Fernando e eu)
Um pouco depois conheci o Milton Dantas (Rick e Renner/ João Paulo e Daniel), amigo e excelente músico que me ensinou muito.  Depois veio a primeira banda "Canto Livre", em 1995, na parceria com meus amigos, Nilton Cesar, Manoel Francisco (Neco). Depois vieram, Adelina, Nilsinho, Fernando Farias, Veloso, Bocão, Nuris, Modesto, Fran e outros e outras que não lembro o nome agora. A banda Canto Livre atuou de 1995 a 1999. O Nilton Cesar foi o primeiro cantor da banda, em seguida vieram, Fran, Simone, e Adelina. Após o Nilton, a banda só teve garotas nos vocais.

Depois veio a banda "Setembro", nome dado à banda por conta do mês de aniversário de Ellen e Dito Vivaldo. Na formação, Ellen Marquêz, Paulo Faninny, Edgar Batista, Bocão (Wesley) e eu. Nessa época, 1999, eu estudava guitarra com o Marcus Roney (O Markin da banda Gibraltar. Aprendi muita coisa massa com o Markin, grande amigo que depois virou crente e sumiu da vida dos bons e maus amigos. Onde ele estiver, meu fraterno abraço). A banda Setembro era a cara da Ellen Marquêz, ela, diga-se de passagem, foi indicação do Markin. Eu estava procurando uma cantora pra banda, aí ele falou: "tem uma mina que vai lá na loja (Só Pesca, na Comercial Norte de Taguatinga-DF), ela parece aquela Atriz, como é o nome dela? Ela é branquinha assim... bonitinha, canta legal. A gente se divertia muito, saia pra ensaiar, tocar, beber e jogar. Havia uma afinidade muito grande.

Show dos Correios no SESI - Taguatinga, janeiro de 2004, Edgar, Ellen, Bocão, eu e Paulo Faninny.
Projeto Rock da Base - Novembro de 2003. Edgar, Ellen, Paulo Faninny, Bocão e eu.


Setembro de 2006, aí veio o Rota 040. A gente chama assim no masculino mesmo, pra diferenciar da rota 040, que é a região ao longo da BR 040, rodovia federal que liga o Distrito Federal ao Rio de Janeiro, passando por Minas Gerais, que aliás, dá nome à banda. Aí é a vez da Debora Viana, garota de uma voz doce e naturalmente afinada, um dos grandes talentos que eu já conheci. Com Debora Viana, gravamos nosso primeiro CD, o álbum Setembro, tributo à banda Setembro, que, aliás, conta com uma música com o mesmo nome. Com a banda Rota 040 a coisa começou a ficar mais séria: Ganhamos editais públicos e tocamos em eventos maiores; trabalhamos com grandes músicos como Juninho di Sousa, Claudio Leola (Ratinho), Gregoree Junior, Dimas Andrade, Diogo Mafra, Leonardo Gregory, Filipe Carvalho, entre outros. Com a saída de Debora Viana da banda, o Rota contou também com Kizia Fonseca e Josi Alves nos vocais.

Lançamento do Festival Canta Ceilândia, setembro de 2011 - Juninho di Sousa, Debora, Bola e Paulo Faninny.

Show Brasília Outros 50, abril de 2010. Edgar, Dimas, Gian Carlo, Debora e Paulo Faninny.

Estúdio Halen, janeiro de 2007, Paulo Faninny, Debora e Edgar Batista.

Estúdio Halen, dezembro de 2006. Debora, Paulo Faninny, Beto, Fabio Luiz e Waguinho.

Teatro Mosaico, julho de 2009. Debora, Edgar, Paulo Faninny e Duda.












Show São Sebastião Moto Rock - Setembro de 2012. Bruno Roll, Josi Alves, Paulo Faninny e Diogo Mafra.

Show Aniversário de Ceilânida, março de 2011. Paaulo Faninny, Kizia Fonseca, Bola e Dimas Andrade.



Em 2013, Patrícia Medeiros, assume os vocais do Rota 040 e com a formação, Patrícia, Paulo Faninny, Dimas Andrade e Diogo Mafra, a banda grava seu primeiro EP. Essa é a formação atual da banda.

Ensaio Rota 040 estúdio Sgt Pepper's, outubro de 2012. Dimas, Bruno Roll, Patrícia Medeiros e Paulo Faninny

Diogo Mafra timbrando sem amplificador na gravação do EP do Rota em setembro de 2013, no Veras estúdio.

Patrícia Medeiros, durante as gravações do EP da banda Rota 040, em setembro de 2013, no Veras Estúdio              

Teatro Nacional Cláudio Santoro, Brasilia-DF, julho de 2013. Dimas, Patrícia, Paulo e Diogo.








 

Curta nossa página no Facebook e inscreva-se em nosso canal do Youtube.
FACEBOOK https://www.facebook.com/pages/ROTA-040/336025826495938?notif_t=page_invite_accepted
YOUTUBE https://www.youtube.com/user/ROTA040

sexta-feira, 26 de março de 2010

sexta-feira, 1 de maio de 2009

SETEMBRO

É isso aí, amigos! Um ciclo importante dessa história do álbum SETEMBRO está concluído. Na verdade, é uma etapa também da minha vida. Não foi fácil chegar até aqui, mas, hoje estou feliz e quase realizado, por termos concluído uma parte importante do projeto e o trabalho registrado em um CD de qualidade. Começa agora, o desafio de fazer esse trabalho ecoar. Mas estou feliz... Quero agradecer a todos que nos ajudaram.
Sobre o disco SETEMBRO, eu diria que é um desejo, uma paixão, um refúgio dessa "vida mais ou menos"; É um namoro que começou de brincadeira: o primeiro violão, o primeiro acorde, a primeira música, a primeira banda... e já se vão muitos anos. Mas não é um sonho bobo, pois mobiliza as pessoas. Só que do sonho à realidade precisamos, muitas vezes, bancar a teimosia que faz com que, apesar de toda sorte de desafios, não desistamos do sonho - por ele se bate e apanha.
Dedico este trabalho à memória do meu avô, Zeca Vivaldo, ex-inspetor de polícia e herói do sertão baiano e ao meu pai, Vital Vivaldo, pela atitude que sempre tiveram e transmitiram. Agradeço minha família e todos que me ajudaram.

Dito Vivaldo

Conheça a banda Rota 040 www.rota040.com.br
Visite meu blog e saiba mais
http://ditovivaldo.blogspot.com/
Faça parte da COMUNIDADE OFICIAL ROTA 040 http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?rl=cpp&cmm=83732273

segunda-feira, 2 de março de 2009

Rota 040


No dia 5 de setembro de 2006, no estúdio Halen, Débora Viana, emociona a todos cantando “Quando o Sol Bater na Janela do Seu Quarto”, da Legião Urbana. Nasce aí a ROTA 040.

Com o objetivo de tocar um projeto de música própria, resgatando o material produzido pela então banda SETEMBRO, ocorre uma maratona de ensaios e compilação do material do antigo grupo. Após alguns anos e a rotatividade de músicos na banda, finalmente a ROTA 040 finaliza seu primeiro disco em fevereiro de 2009, que, apesar de contar com outros músicos nas gravações, preserva o núcleo Débora Viana, Edgar Batista e Paulo Faninny.

O álbum Setembro surpreende pelas canções poéticas, guitarras poderosas e o vocal doce e competente de Débora Viana. Mas, também traz lindas baladas, que, como diria Marcos Pagani, "dá tempo de servir aquele 0n the rocks esperto". Neste álbum, a banda apresenta influências que vão do rock setenta e oitenta ao som da MPB de vários artistas.

Participaram da história desse projeto, os músicos: Fernando Farias, Neco, Veloso, Simone, Bocão, Beto, Fábio Luis, Gianne Caputo, Patolino, Waguinho (batera), Gregory Jr, Dito Vivaldo; A carismática Ellen Marquêz; o talentoso Edgar Batista e sua guitarra rock'n'roll; O meu parceiro Paulo Faninny e os heróis e heroína, Debora Viana, Ratinho, Aelton di Sousa e meu parceiro, revelação da guitarra brasiliense, Juninho di Sousa.

Embora um release apresente um perfil do grupo musical, abordando gênero, um pouco de história, influências e preferências de uma banda, o que nos mostra a verdadeira identidade de um artista é a sua música, por isso, convido a todos para apreciarem essa nova banda, atraente e original. ROTA O40. Eu recomendo.


Dito Vivaldo.